• Botão para acessar Certificado Digital
  • Botão para acessar Boa Vista SCPC
Botão para acessar Certificado Digital Botão para acessar Boa Vista SCPC
23/06/2017

Marketing de Varejo: 5 dicas para você se destacar entre os seus concorrentes

O marketing de varejo é uma excelente estratégia para que qualquer loja possa se destacar entre os seus concorrentes.

É claro que quando falamos de marketing no geral, muitos negócios sabem como fazer, porém quando ele é aplicado ao varejo, é preciso muito mais do que isso, é preciso de flexibilidade, empatia com o mercado e muita determinação para encarar desafios rumo ao sucesso.

Até porque, o varejo vem se demonstrando estar cada vez mais dinâmico, exigindo que as empresas estejam cada vez mais próximas do seu cliente para conseguir chamar sua atenção.

Nesse sentido, o marketing de varejo é essencial, pois somente quem domina os seus conceitos conseguirá fazer coisas incríveis para se destacar entre os seus concorrentes.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue acompanhando o post conosco!

Por que é preciso destacar-se entre seus concorrentes?

Antes de falarmos sobre o marketing de varejo, imagine que você possui uma loja ao redor de muitas outras, que são concorrentes do seu negócio. Então a pergunta é: Por que o cliente escolheria você ao invés do seu concorrente?

Cremos que com essa pergunta já dá para entender por que é preciso se destacar no meio do seu mercado, não é mesmo? Mas já adiantamos que uma resposta positiva para ela dependerá muito do marketing de varejo e como você conseguirá aplicá-lo na sua realidade.

Por isso, podemos dizer que se destacar entre os seus concorrentes é uma questão de sobrevivência, pois para cada cliente que deixar de comprar de você, é um “prejuízo” que aparece e vai se acumulando aos poucos, podendo levar o negócio ao fracasso.

Então, fazer marketing de varejo é muito importante para as lojas desse mercado, pois além de atrair e fidelizar mais consumidores, é bem provável que os seus concorrentes estejam investindo nisso, então invista você também!

O que é o Marketing de Varejo?

O marketing de varejo nada mais é do que o conjunto de atividades realizadas por um varejista, tal como uma loja, para promover e vender seus produtos.

O que difere o marketing de varejo do tradicional é a questão da particularidade do negócio, por exemplo, temos o fato de ser uma venda física, a comercialização de produtos em pequenas quantidades direto para o consumidor final, dentre muitas outras.

É importante saber que no marketing de varejo são utilizados os princípios dos 4 Ps do marketing, que são: Produto, preço, praça e promoção.

Segue um pequeno resumo de cada um deles:

Produto

O primeiro elemento é o produto, que refere-se a todos os atributos dos produtos que são oferecidos pelo negócio ao seu consumidor final.

No caso das lojas, isso pode ser uma porção deles. O importante é que ele esteja totalmente relacionada com a demanda de mercado, ou seja, é preciso que eles atendam às necessidades dos clientes.

Podemos dizer que o entendimento da oferta desses produtos é o primeiro passo para o sucesso.

Preço

A variável “Preço” é uma das mais importantes, pois ela está diretamente ligada com o perfil do consumidor que o negócio trabalha.

Traduzindo em poucas palavras: É preciso saber o quanto cobrar por um produto para que a empresa seja bem-sucedida.

O grande desafio é que ele está totalmente ligado ao valor que é percebido pelo cliente e não somente aos custos de produção de um certo produto.

Portanto, o varejista que entende isso e sabe definir os seus preços, com certeza sairá na frente da sua concorrência.

Lembre-se que para entender bem esse pilar, é preciso conhecer bem o seu público-alvo, levando em consideração a sua renda, necessidades, exigências e outras particularidades.

Praça

A praça nada mais é do que os pontos de venda do negócio, ou seja, a sua loja física, ou então um site caso a venda ocorra pela web.

O grande segredo dessa variável é associá-la com a distribuição e a logística dos produtos. Ou seja, como os consumidores conseguem acessá-los.

A questão da Praça é importante pois caso ela esteja mal localizada ou então não consiga ser acessada pelo seu público-alvo, é bem provável que o negócio não tenha sucesso.

Junto a isso, entra a questão logística, ou seja, se o produto não consegue satisfazer o seu cliente na questão da entrega, você terá problemas sérios com isso.

Promoção

O último P desse mix é a promoção que se refere a como os produtos são divulgados, ou seja, as estratégias para que o público tenha conhecimento sobre a sua existência.

Sendo assim, ele aborda qualquer tipo de prática que tenha esse fim, que vão desde ações promocionais, marketing digital e até mesmo o marketing tradicional.

A questão da Promoção entra também no detalhe de que é preciso saber qual é o momento ideal para divulgar os produtos para os clientes, além dos melhores canais para atingi-los.

Saiba que uma estratégia de marketing de varejista que utiliza os 4Ps do marketing é considerada completa!

Completa não necessariamente quer dizer complexa, então tente focar também na simplicidade. Além disso, o segredo está no planejamento alinhado às dores do cliente, que nem sempre envolve a necessidade de gastar muitos recursos com isso.

Quais as vantagens e desvantagens do marketing de varejo?

É claro que, assim como toda estratégia de negócio, o marketing de varejo possui muitas vantagens. O fato é que todas elas estão totalmente ligadas à questão de fornecer destaque para o negócio perante os seus concorrentes.

Principalmente no que diz respeito a atrair o cliente certo, na hora certa, através da mensagem certa. Além disso, ele também é fundamental na retenção de clientes, tornado possível um processo de fidelização muito mais sólido.

Porém, há algumas desvantagens, que são inerentes a qualquer negócio. Nesse sentido, podemos destacar a questão de que o resultado pode não aparecer a curto prazo e é preciso entender como isso se reflete no próprio negócio.

Por isso, será necessário monitorar constantemente a efetividade das suas ações. Feito isso, analise os resultados e faça ajustes caso necessário. Afinal, se os clientes não estão aparecendo é porque há algo errado em suas ações e o mercado de varejo exige que correções sejam feitas rapidamente, caso contrário, o concorrente já saiu na sua frente.

Como fazer marketing de varejo?

Agora que você já sabe mais sobre o conceito de marketing de varejo, bem como as suas vantagens, vamos fornecer algumas dicas para que seja possível elaborar uma estratégia eficiente e que gere destaque entre os seus concorrentes. Veja:

1. Estude o seu negócio e o seu mercado

A primeira dica para implementar uma boa estratégia de marketing de varejo é sempre estudar o seu mercado de atuação e também o seu negócio.

Esteja sempre atualizado, procure atentar-se às ações da concorrência, as tendências para melhorar as suas vendas, além de qualquer novidade que possa surgir. Dessa maneira, você jamais ficará desatualizado sobre qualquer coisa nova que surgir e também pode ser o primeiro a inovar no setor em muitos momentos.

Além disso, estudar o seu próprio negócio através dos dados que ele gera também pode ser um excelente norte para seus próximos passos. Então, esteja sempre investigando como andam suas vendas, qual produto que vende mais, qual vende menos, os melhores dias de vendas, dentre outras coisas.

Saiba que conhecer o próprio negócio é algo primordial para conseguir direcioná-lo de maneira correta.

2. Chame as pessoas para a sua loja

Uma das coisas essenciais para o marketing de varejo dar certo é fazer com que mais pessoas frequentem a sua loja.

Então, é preciso chamá-las para fazer uma visita, mais do que isso, é preciso dar motivos para que elas façam essa visita.

Nesse sentido, vale qualquer tipo de promoção, desde desconto exclusivo para quem comprar na loja até eventos exclusivos.

Isso ajudará muito a promover o seu espaço físico e fazer com que ela ganhe cada vez mais alcance entre os seus consumidores.

3. Não se esqueça do branding local

Lembre-se que o branding também faz parte do marketing de varejo. Então, por que não aplicá-lo de forma local?

Isso ajudará, e muito, para que o seu negócio se torne cada vez mais relevante na comunidade em que ele está inserido. Então, busque se familiarizar com ela, entender a melhor maneira de atendê-la e sempre mostrar que é mais um parceiro que está ali.

Esse tipo de atitude pode torná-lo sempre como uma marca conhecida por todos, ajudando fortemente na divulgação da loja.

4. Foque na experiência do cliente

Se tratando de vendas em lojas físicas, fica muito mais fácil atuar fortemente na experiência do cliente no momento da compra quando comparamos com o ambiente online.

Então, não deixe essa oportunidade escapar. Saiba que os produtos são apenas um elemento do momento da compra, mas o que vai torná-la inesquecível será o quão bem ele foi atendido e também o quanto a loja tornou aquele momento agradável.

Para que o marketing de varejo seja efetivo, é preciso que ele se adapte ao mundo de hoje, em que as pessoas valorizam muito mais os momentos do que o produto em si que comprará. Vale a pena gastar energia com isso!

5. Utilize bem a sua vitrine

Saiba que uma vitrine elaborada de forma correta pode ser uma grande impulsionadora de vendas.

Então, analise o contexto do local que a loja está inserida e tente chamar a atenção das pessoas para que não deixem de notá-la, seja contando uma história ou chamando a atenção de qualquer outra maneira.

O marketing de varejo também diz muito sobre não deixar a porta de entrada da sua loja, no caso a vitrine, despercebida!

Fonte: Nexxto
https://nexxto.com/marketing-de-varejo/?rdst_srcid=767551