Formulário de Consulta

CÓDIGO:    SENHA:   
(Acesso restrito)

AC Certifica

Em pouco mais de 20 dias, descalvadenses já pagaram mais de R$ 6,4 milhões em impostos

Com o dinheiro, seria possível contratar 400 policiais durante um ano inteiro. Dados são da Associação Comercial de São Paulo.

Passados pouco mais de 20 dias desde o início de 2014, os descalvadenses já pagaram em impostos, o suficiente para construir ao menos 22 postos de saúde equipados, ou 184 casas populares de 40 metros quadrados ou ainda contratar 400 policiais por ano, o que daria para colocar uma equipe de mais de 13 policiais diferentes por dia durante um mês inteiro nas ruas, o que é muito mais que o necessário para resolver os problemas com a segurança pública enfrentados pela cidade.

É que no período compreendido entre os dias 1º à 21 de janeiro, a cidade arrecadou pouco mais de R$ 6,4 milhões em impostos, segundo dados aferidos pelo Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O montante é 37% maior do que o arrecadado por exemplo, no município de Casa Branca, que é do mesmo porte que Descalvado e arrecadou R$ 4,7 no mesmo período.

No País, já foram arrecadados mais de R$ 138 bilhões. De acordo com o Impostômetro, com o valor arrecadado em Descalvado ainda seria o suficiente para se construir 6 quilômetros de estrada asfaltada - o suficiente para finalizar a pavimentação da vicinal que liga Descalvado à Pirassununga -,  467 salas de aula ou 134 postos policiais, ou ainda adquirir 80 ambulâncias equipadas.

SEM RETORNO - De acordo Henrique Fava Spessoto, Presidente da Associação Comercial e Industrial de Descalvado - ACID, todo esse volume de impostos arrecadados pelos brasileiros demonstra o quanto a administração pública no Brasil está falida. "Infelizmente, todos nós sabemos que esse volume de dinheiro arrecadado não é revertido em benefício da população. E não é difícil perceber isso, já que a saúde, a educação e a segurança pública estão completamente abandonados pelo poder público" disse o presidente da ACID.

"Hoje no Brasil, se você não contratar um bom plano de saúde, você estará condenado à cair em uma maca e ficar abandonado pelos corredores dos hospitais públicos do país. Não digo que em Descalvado isso está acontecendo, pois graças a Deus aqui somos uma exceção. Atualmente, a única coisa que vêm do poder público e que ainda funciona são as faculdades e universidades, instituições reconhecidamente de qualidade" explicou Henrique.

Ainda sobre a má distribuição do dinheiro arrecadado através dos impostos, o presidente da ACID fala que a principal mudança deve partir da própria população. "O dinheiro arrecadado é muito mal empregado e distribuído. Os que mais se favorecem com todo esse dinheiro é a própria classe política, conforme podemos comprovar diariamente pelos noticiários de todo o país. Esse ano teremos eleições e a chance de uma mudança está novamente nas mãos do povo. Votar com consciência e analisar o perfil de cada candidato, que deve trazer um passado limpo e propostas de mudanças coerentes, deveria ser uma obrigação dos brasileiros. A única arma do povo é o voto" disse ele.

Henrique Spessoto conclui a entrevista dizendo: "Essa passividade da população com essa situação é incoerente. Até quando isso vai acontecer?" pergunta o presidente da Associação Comercial de Descalvado.

Fonte: Descalvado News (http://www.descalvadonews.com.br/noticias/2014/janeiro/22impostometro.htm#.UuANrxBTuUk)



<< Voltar

CONVÊNIOS

  • Accertifica
  • São Francisco - Saúde
  • Unimed
  • Uniodonto
  • São Francisco - Odontologia
UTILIDADE PÚBLICA

  • Horário do Comércio
  • Código de defesa do consumidor
  • Movimento das associações comerciais
CLIMA
PARCEIROS

Boa vista Facesp Prefeitura municipal Banco do povo Paulista PAT CACB Ponto C Sebrae SP Uni Castelo Sicoob Instituto PROE Descalvado NEWS
REDE SOCIAL

Impostometro

Acesse www.impostometro.com.br e veja as arrecadações por estado ou município.

Logotipo rodapé ACI Descalvado